24 mil estão sem aula por causa de paralisação na UEM

Aproximadamente 24 mil estudantes da UEM – Universidade Estadual de Maringá – estão sem aula por causa de uma paralisação de servidores e técnicos da instituição. Os trabalhadores pedem revisão no Plano de Carreira, Cargos e Salários. Amanhã, as atividades da UEM devem voltar ao normal. No entanto, os servidores já sinalizaram que podem apresentar um indicativo de greve no início de agosto.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*