4 autoridades paranaenses foram citadas em interceptações telefônicas de Cachoeira

O delegado Matheus Mella Rodrigues afirmou ontem, na sessão reservada da CPMI do Cachoeira, que 81 autoridades com foro especial foram citadas durante conversas telefônicas interceptadas na Operação Monte Carlo. Entre vereadores, deputados federais, estaduais, senadores e ministros. No Paraná, quatro foram citados: o governador Beto Richa (PSDB), o secretário estadual de Segurança Pública Reinaldo de Almeida César Sobrinho, o deputado federal Fernando Francischini (PSDB) e o prefeito de Cornélio Procópio Amin Hanouche (PP). No entanto, a simples menção dos nomes não significa que qualquer deles esteja envolvido em irregularidades.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*