500 mil veículos devem circular pelas principais rodovias do Paraná durante o feriado de Páscoa

Pelo menos quinhentos mil veículos devem circular pelas principais rodovias que cortam o Paraná durante o feriado de Páscoa. No trecho de concessão da Rodonorte, responsável pelo trecho da BR-277 que vai para o interior do Estado, o tráfego deve ser, em média, 30% acima do normal.

De acordo com a concessionária, mais de 320 mil veículos devem passar pelos três principais eixos rodoviários administrados pela Rodonorte. A estimativa da empresa é de que somente na Serra do Cafezal, haja uma alta de 70% no número de veículos em horários de pico.

Já para quem pretende descer para o litoral do Paraná pela BR-277, a concessionaria Ecovia estima que 105 mil veículos trafeguem pela rodovia durante o feriado da Paixão de Cristo. Segundo a concessionária, o movimento deve ser 20% maior que o feriado de Páscoa do ano passado, quando 85 mil veículos circularam pelo trecho.

Para esta quinta-feira (29) são esperados 27 mil veículos circulando tanto pela BR-277 como pela PR-508, a Rodovia Alexandra-Matinhos. O movimento será intenso até pelo menos onze horas da noite.

Na sexta-feira (30), serão 23 mil veículos com tráfego alto já nas primeiras horas da manhã no sentido Litoral. Já o retorno da maioria dos viajantes está previsto para domingo (01) com tráfego de 34 mil veículos. No sentido Curitiba, serão 27 mil veículos e o horário de maior movimento na BR-277 deverá ser registrado entre 11 e 19 horas.

Na BR-376, que leva de Curitiba até a divisa com Santa Catarina, o movimento de veículos deve aumentar em até 45%, conforme prevê a Arteris Litoral Sul – concessionária que administra as rodovias BR-116/Contorno Leste, BR-376/PR e BR-101/SC.

A Arteris Planalto Sul concessionária que administra a BR-116 de Curitiba à divisa catarinense espera um aumento de 15% no volume de tráfego para este feriado. A expectativa é de que mais de 200 mil veículos passem pelas praças de pedágio no trecho administrado pela concessionária.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*