57% do mercado de cigarros do Paraná é dominado por marcas ilegais

Foto: PRF / arquivo

Cinquenta e sete por cento do mercado de cigarros do Paraná é dominado por marcas ilegais. O número está acima da média nacional, que é de 45 por cento de produtos falsificados. O dado é de uma pesquisa do DataFolha que aponta que mais de 86 por cento da população da região sul do país acredita na ligação entre o contrabando de cigarros e o crime organizado. A pesquisa foi encomendada pelo Movimento em Defesa do Mercado Legal Brasileiro. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Combate a Falsificação, Rodolpho Ramazzini, um dos motivos do número elevado no Paraná é o fato do estado fazer fronteira com o Paraguai.

Segundo dados da pesquisa, somente em 2016, a evasão fiscal relacionada ao contrabando de cigarros no Paraná somou mais de 723 milhões de reais. Um dos problemas está na falta de fiscalização.

A pesquisa aponta que o crescimento do contrabando tem relação com o aumento de impostos, crise econômica e a fragilidade das fronteiras.

A pesquisa ouviu cerca de 2 mil pessoas em 130 municípios de pequeno, médio e grande porte de todas as regiões do Brasil.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*