Acusado de participar de assassinato de Strobel é condenado a mais de 12 anos

O Eliandro Luiz Marconcini, um dos ex-funcionários da empresa de segurança Centronic, foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão, em regime fechado. Ele é um dos acusados pela morte do estudante Bruno Strobel (foto), de 17 anos. O julgamento, que começou no início da manhã de hoje, terminou por volta das 21h30. Ele é o terceiro acusado pelo assassinato do rapaz. Ainda faltam ser julgados outros quatro homens. De acordo com o advogado de acusação Rafael Melo, a família da vítima pretende recorrer da decisão, para tentar aumentar a pena do réu.

Marconcini segue preso e aguarda o julgamento final do recurso.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*