Alep pode mudar forma de eleger presidente do TJ-PR

A mesa executiva da Assembleia Legislativa do Paraná quer mudar a forma como é eleito o presidente do Tribunal de Justiça do Estado. Pelo projeto, qualquer desembargador poderá se candidatar à presidência do TJ-PR. Atualmente, somente os integrantes do Órgão Especial têm este direito. Uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) foi apresentada hoje à tarde na Casa. O texto é assinado pelo presidente da Assembleia, deputado Valdir Rossoni (PSDB), o primeiro secretário, deputado Plauto Miró (DEM), e o segundo secretário, Reni Pereira (PSB). As lideranças da Alep manifestaram apoio à PEC. A mesa executiva foi procurada, mas ninguém foi localizado para falar sobre o assunto. O presidente do TJ, Miguel Kfouri Neto, informou por meio da assessoria de imprensa do tribunal que assinou a PEC e apoia a ideia. Para ele, a mudança na eleição do Tribunal de Justiça vai democratizar a estrutura do TJ.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*