Após vazamento de produtos tóxicos, Ibama proíbe uso do Rio São João, em Guaratuba

(Foto: divulgação/ Prefeitura de Guaratuba)

O IBAMA do Paraná proibiu o uso do Rio São João, em Guaratuba, no litoral do Estado, por tempo indeterminado. A restrição foi divulgada ontem (11) e proíbe atividades de recreação, esportes, pesca e irrigação.

A proibição foi feita por causa da contaminação do rio depois de um acidente envolvendo três caminhões na BR-376 no dia 6 de abril. 30 mil litros de óleo diesel e 7 mil litros do produto tóxico Osmose K33, usado na preservação e tratamento de madeira bruta, vazaram e atingiram o rio.

Segundo a portaria, publicada pelo governo estadual, como ainda não há informações precisas sobre a extensão da contaminação do rio, e considerando o aumento no número de peixes mortos na região, a opção é interditar o uso do rio até a desembocadura da Baía de Guaratuba.

A revogação da proibição fica condicionada a resultados de amostras de qualidade de água, que vão ser realizadas pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*