Ataque com fogos de artifício contra acampamento pró-Lula deixa duas pessoas feridas

Foto: Bruna Valle/Band News FM

Foto: Bruna Valle/Band News FM

Duas pessoas ficaram feridas hoje (quarta, 10) de madrugada, depois de um ataque com fogos de artifício contra o acampamento de movimentos sociais montado no terreno atrás da rodoviária de Curitiba. Um grupo que passou por cima do viaduto do Colorado, que corta o terreno, e disparou rojões e outros explosivos em direção às pessoas que estavam acampadas no terreno. Uma adolescente e um rapaz ficaram feridos. Ela teve um ferimento no olho e ele nas costas. A garota foi levada ao Hospital Cajuru, mas recebeu alta logo depois de ser atendida. De acordo com o coordenador da Frente Brasil Popular, membro do MST, Diego Moreira, os manifestantes já esperavam por hostilidades.

A Polícia Militar informou que foi acionada após os rojões, mas que quando chegou ao local os feridos não estavam mais lá. Um vídeo gravado pelos acampados mostra o momento do ataque. Os próprios manifestantes montaram um esquema de segurança para evitar novos ataques durante a noite. Seguranças foram posicionados no viaduto. A Polícia Militar não informou se vai atuar para garantir a segurança dos manifestantes. O acampamento, com aproximadamente seis mil pessoas, deve ser desmontado amanhã (quinta-feira, 11) de manhã. Membros de movimentos sociais de várias cidades do Paraná e de outros Estados estão entre os acampados.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*