Bailarino que vive em Curitiba foi selecionado entre 600 candidatos e vai integrar a Escola do Bolshoi, em Joinville

Foto: arquivo pessoal da família

Um menino de apenas 10 anos que atualmente vive em Curitiba foi selecionado para a Escola do Bolshoi em Joinvillle, Santa Catarina. A instituição é uma das mais respeitadas no mundo da dança. Gabriel de Barros Briceño foi escolhido entre 600 bailarinos. A mãe, que é espanhola, Ana Victoria Briceño, teve o filho naquele país, mas veio para o Brasil quando Gabriel ainda era bebê. Agora a mudança será para Santa Catarina. Toda família deve se mudar para lá para apoiar o pequeno bailarino. Segundo Ana, o sonho começou quando Gabriel tinha apenas 3 anos de idade.

As aulas de patinação não duraram tanto tempo, já que o amor pelo ballet era muito maior. Gabriel encarou o preconceito e, na Escola do Bolshoi, terá aulas de dança de segunda a sexta além de conciliar os estudos. Ele sonha em ser bailarino e médico veterinário. O artista prodígio conta como nasceu a paixão pela dança.

A Escola de ballet do Bolshoi é a única extensão da companhia russa no Brasil. Ela está instalada em Joinville há 17 anos. O curso de formação para bailarinos tem duração de oito anos. A taxa de empregabilidade dos formandos é de 75% e os alunos que se destacam tem grandes chances de integrar a companhia.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*