Balanço da Operação Mata Atlântica indica que 618 hectares foram desmatados no Paraná

(Foto: divulgação/MPPR)

618 hectares de Mata Atlântica foram desmatados no Paraná. O número foi constatado durante os três dias de fiscalização da Operação Mata Atlântica em Pé. A força tarefa, que começou na última segunda-feira se concentrou nos municípios de Guarapuava, Pinhão Prudentópolis e Inácio Martins. De acordo com o promotor Alexandre Gaio, responsável pela operação, em alguns casos, o desmatamento foi feito em local de preservação, e a área desmatada foi bem significativa.

Além disto, foram apreendidos 1.500 metros cúbicos de madeiras. As multas aplicadas chegam a mais de 2 milhões de reais. Agora os responsáveis vão responder com termos de ajuste de conduta e em alguns casos processos criminais.

Esta é a terceira fase da operação, que SE encerra na sexta-feira. 15 estados brasileiros fazem parte da operação para identificar desmatamentos em áreas Mata Atlântica. Até agora, foram confirmados mais de 2 mil hectares desmatados para várias finalidades, desde a agricultura até para plantação de maconha.

O bioma da Mata Atlântica está presente em 17 estados brasileiros e cobre 13% do território nacional, onde vivem aproximadamente 140 milhões de pessoas, que dependem das funções ambientais dela. Só para a reparação das áreas desmatadas a estimativa é de pelo menos 30 anos.

Os trabalhos de fiscalização são conduzidos e coordenados por equipes formadas por representantes dos Ministérios Públicos, órgãos públicos ambientais e polícias ambientais de cada estado participante, a partir da organização e planejamento idealizados pelo Ministério Público do Estado do Paraná.

Reportagem: Alexandra Fernandes

(Foto: Rafael Silva/ Prefeitura de Curitiba)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*