Barbosa Neto tem 10 dias para entregar defesa prévia

O prefeito de Londrina Homero Barbosa Neto (PDT) tem dez dias para entregar a defesa prévia para a Comissão Processante (CP) no caso Centronic, instaurada na Câmara de Vereadores de Londrina. A comissão apura se houve abuso de Poder por dois vigias contratados pela Prefeitura serem flagrados trabalhando numa rádio da família do prefeito. A Comissão Processante da Centronic teve sua primeira reunião oficial na tarde de ontem para definir os rumos da investigação. De acordo com o presidente da comissão, o vereador tucano Roberto Kanashiro, Barbosa Neto foi notificado sobre o prazo de entrega da defesa logo após o término da reunião. Além da defesa prévia, o prefeito deverá nomear, até o final dos dez dias, cinco testemunhas de defesa e um advogado para acompanhar as reuniões e oitivas. Após a defesa do prefeito, a Comissão Processante vai analisar os dados e a constatação feita pela Comissão Especial de Investigação – que apontou indícios de irregularidades.

A Comissão Processante tem 90 dias para fazer o relatório final e indicar a cassação do prefeito ou o arquivamento do processo.

A Comissão Processante se reunirá toda a segunda-feira, às três horas da tarde. A próxima reunião está programada para o dia 14.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*