Brasilândia do Sul realiza concurso para advocatícios e contador

A Câmara de Vereadores de Brasilândia do Sul terá que fazer concurso público para ocupar as vagas nas áreas de serviços advocatícios e de contador. A recomendação é do Ministério Público do Paraná e fixa o prazo de 180 dias para que a Câmara afaste as pessoas que exercem esses cargos no momento. O documento prevê que o legislativo deve deixar de “admitir ou aceitar a prestação de serviços advocatícios e de contador de forma direta, sem a prévia submissão, aprovação e classificação em concurso público”, como determina o artigo 37 da Constituição Federal.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*