Buracos no Contorno Sul causam acidentes e prejuízos

Buraco atrás de buraco e acidentes frequentes. Esse é o retrato do Contorno Sul de Curitiba. Por dia, dezenas de ouvintes entram em contato com a BandNews e relatam a precária situação. O motorista Lardo Castorino diz que o problema é o asfalto colocado em cima do concreto. Toda vez que chove, a camada asfáltica sai e um novo buraco surge.

O ouvinte Alcidinei Savoldi, que também utiliza o contorno Sul, já foi prejudicado. Ele define o trecho próximo a fábrica da Volvo como “uma zona de guerra”.

No último sábado (2), um motorista morreu depois de tombar o caminhão nesse trecho. Segundo testemunhas, ele teria perdido o controle depois de passar pelos buracos. O Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte (DNIT) foi procurado pela nossa reportagem e se manifestou apenas através de nota. Nela, o departamento diz que irá fazer uma nova operação tapa-buracos assim que o período chuvoso cessar. Além disso, garante também que um processo para substituição do pavimento e melhorias para a rodovia “está em andamento”, mas não informou prazo algum.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*