Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até dia 9 de junho

Reprodução / SESA

Reprodução / SESA

A campanha de vacinação contra a gripe, programada para acabar nesta sexta-feira (26), foi prorrogada até o dia 9 de junho. O Estado já vacinou mais de dois milhões de paranaenses, ou seja, 80% do público prioritário. De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, o objetivo é alcançar pelo menos 90% da população. A maior preocupação é com as crianças de seis meses a quatro anos de idade e gestantes, que fazem parte do grupo prioritário e foram os que menos buscaram as unidades de saúde para serem imunizados. De acordo com o Coordenador Estadual de imunização, João Luís Crivellaro, neste ano, a cobertura vacinal está baixa.

Além de crianças e gestantes, fazem parte do público prioritário: mulheres que tenham passado por parto há menos de 45 dias, idosos maiores de 60 anos, doentes crônicos, profissionais de saúde e professores em atividade. Crivellaro destaca que a campanha é promovida antes do inverno, período de maior sazonalidade, pois a vacina demora de 10 a 15 dias para fazer efeito.

De acordo com o último balanço divulgado pela Secretaria de Saúde, desde o começo deste ano, o Paraná registrou 66 casos de gripe, com duas mortes. O vírus Influenza A (H3) teve o maior número de ocorrências: 57 casos no total, em doze regionais de saúde. Também foram registradas oito ocorrências de Influenza B e uma de H1N1. Em nota, a Prefeitura de Curitiba também anunciou a prorrogação da vacina por mais duas semanas. A meta é alcançar 90% do público prioritário.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*