Casos de coqueluche aumentam em Curitiba

Os casos de Coqueluche aumentaram mais de 10% em Curitiba nos primeiros cinco meses deste ano. A capital registrou 68 casos de janeiro a junho, contra sessenta e duas ocorrências ao longo de todo o ano passado. De acordo com a médica Marion Burguer, a maioria dos casos atingem os adolescentes. Isso porque vacinação é para crianças abaixo de sete anos de idade, e com o passar do tempo o organismo volta a ficar suscetível à doença.

De acordo com a especialista, existe uma fórmula da vacina específica para jovens e adultos, mas ela não está disponível na rede pública de saúde.

Do total de casos registrados no ano passado, 33 resultaram em internamento, e 29 pacientes eram crianças menores de um ano.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*