Cerca de 1 milhão relógios contrabandeados serão destruídos

Mais de um milhão de relógios contrabandeados do Paraguai serão destruídos amanhã, pela Receita Federal de Foz do Iguaçu. A carga foi apreendida ao longo dos últimos meses em operações, e soma quase quatro milhões de reais. De acordo com o auditor fiscal Ivair Hoffmann, a destruição serve para abrir espaço nos depósitos da Receita, que estão cada vez mais cheios.

Entre os produtos, há relógios contrabandeados e muitos falsos. No entanto, separar cada um deles seria caro demais para a Receita.

Ao longo do ano, a Receita Federal destrói os objetos contrabandeados, e apenas os de maior valor agregado são doados ou vendidos em bazares. Neste ano o total das destruições, somados os primeiros 4 meses, já chega a 15 milhões e meio de reais, entre cigarros, isqueiros, agrotóxicos, mídias gravadas, mídias virgens, relógios, óculos, bebidas, pneus usados e produtos contrafeitos em geral.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*