Cesar Silvestri Filho fala sobre pré-candidatura ao governo

Prefeito reeleito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho (PPS). (Foto: BandNews Curitiba)

Prefeito reeleito de Guarapuava com mais de 60% dos votos e com passagem também pelo Legislativo Paranaense, Cesar Silvestri Filho foi escolhido pelo PPS como o candidato ao governo em 2018. Com 37 anos, é um dos mais jovens na disputa. Considerado pelo PPS como resposta ao novo cenário político, o candidato afirmou que o PPS está trabalhando para apresentar ao Paraná uma alternativa consistente de mudança. Cesar Silvestri disse que tem consciência de que seu nome ainda é desconhecido por boa parte do eleitorado, mas aposta na bagagem e experiência política.

Apesar de ser um candidato novo, Cesar Silvestri faz parte de uma família tradicional na política. Ele é filho do ex-secretário da Casa Civil do governo Beto Richa, Cezar Silvestri, e da deputada estadual Cristina Silvestri. Durante entrevista à BandNews, o candidato afirmou que aposta as fichas em uma gestão mais dinâmica e afirmou que é possível aliar o discurso do novo com a “velha política”.

O candidato disse que as alianças políticas com outros partidos só serão definidas a partir de abril do ano que vem.

Cesar Silvestri diz que durante sua gestão pretende compreender de forma independente os problemas das diferentes regiões paranaenses e criar alternativas de melhorias para cada uma delas. Ele diz que é a partir dessa análise que o Paraná vai conseguir se reequilibrar social e economicamente.

O candidato também destacou a necessidade de parcerias com a iniciativa privada e diminuição do tamanho da estrutura estatal. Ele afirma que é preciso deixar o Paraná ainda mais competitivo e mais atrativo para grandes e novos empreendimentos.

A próxima entrevista com candidatos ao governo do Paraná será na segunda-feira que vem, dia 11 de dezembro. Nesta data, a sabatina será com o deputado estadual Ratinho Junior, do PSD, a partir das 10 horas da manhã.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*