Ciclista que alcançou 202 km/h na BR-277 diz que quase desistiu

O ciclista paranaense Evandro Portela bateu no domingo o recorde mundial de velocidade extrema ao chegar a 202 km/h pedalando no vácuo de um carro. O atleta utilizou apenas a tração das pernas, a gravidade e o vácuo do veículo para alcançar a marca em seis minutos e trinta e dois segundos. A BR-277 entre Curitiba e São José dos Pinhais foi interditada por cerca de meia hora para o desafio. Evandro conta que o vento estava forte, mas que no final conseguiu vencer o desafio.

Juízes do Guinness Book, o livro dos recordes, vão agora avaliar as imagens e a coleta de todos os dados para fazer o registro. Evandro, que já era detentor do recorde anterior, de 184 km/h, agora só aguarda o diploma com a nova marca.

Centenas de pessoas registraram vídeos do feito do ex-atleta profissional. Diversos carros e motos acompanharam o ciclista para tirar diversas medidas de velocidade. Evandro Portela conta que a bicicleta utilizada é comum, mas com equipamentos de ponta. O vento foi o maior obstáculo e ele precisou avançar um quilômetro do roteiro inicial para conseguir alcançar a marca.

De acordo com Evandro, em quase quatro anos de preparação, foram gastos 256 mil reais para que ele conseguisse bater o recorde. Com a marca alcançada, o recordista agora busca novos patrocinadores para dentar bater a própria marca.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*