CMC pede suspensão do leilão do Pinheirão

A câmara Municipal de Curitiba enviou um ofício ao Ministério Público para pedir a suspensão do leilão do Pinheirão que deve ocorrer nesta quinta (14). O valor inicial dos lances é de 69 milhões de reais. Segundo o presidente da comissão de Urbanismo, vereador Felipe Braga Cortes, o texto do documento de doação do terreno do Pinheirão a Federação Paranaense mostra que o estádio não poderia ser penhorado.  As comissões de Serviço Público e de Urbanismo e Obras Públicas têm feito reuniões semanais para tentar devolver a cidade parte da área do Pinheirão que foi doada à Federação Paranaense de Futebol (FPF) em 1969.  A doação do terreno exigia uma série de requisitos como a construção de um estádio para 120 mil pessoas e praça de alimentação, o que não foi cumprido pela Federação.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*