Colecionador doa acervo asiático para o MON

Foto: Orlando Kissner/ANPr

O colecionador Fausto Godoy doou ontem (terça, 30), no Palácio Iguaçu, 3 mil obras de origem asiática destinadas ao Museu Oscar Niemeyer. O conjunto de obras foi cedido por Fausto Godoy por meio de um termo de doação entregue ao governador Beto Richa, do PSDB. O colecionador entregou os itens artísticos que reuniu durante 30 anos. O acervo conta com esculturas, mobiliários, cerâmica, porcelana e pinturas, peças raras que ficaram guardadas por esse período.

As peças retratam o cotidiano arcaico e também contemporâneo das civilizações asiáticas. Países como China, Japão, Índia, Laos, Butão, Irã, Vietnã e Afeganistão são alguns dos locais de origem das peças doadas. As obras vieram de 11 países e fazem agora com que o MON seja o museu da América Latina a ter o acervo com o maior número e maior variedade de objetos da Ásia atualmente.

Agora, com esta coleção, o Museu Oscar Niemeyer soma 7 mil obras no acervo. A primeira exposição para exibir ao público a coleção de obras asiáticas será aberta no dia 2 de março.

Comments

  1. Ney de Araripe Sucupira says:

    Um belo gesto de desprendimento que deveria contagiar o espírito de magnanimidade de muitos
    brasileiros afortunados e empresários de renome. Relicitamos o patrício Fausto Godoy pela iniciativa que enriquecerá o acervo do MON. Que as novas e futuras gerações aproveitem o belíssimo patrimônio da cultura asiática.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*