Com perda de animais e queda na exportação, preço da carne deve subir

Foto: divulgação/Aen)

O custo da carne de aves e suínos deve subir em 30% até que a normalidade de produção seja estabelecida. A estimativa é da ABPA – Associação Brasileira de Proteína Animal. Segundo a instituição, com menor oferta de produtos, mas com a mesma carga tributária, custo operacional e possível alta nos insumos para a produção industrial, vai ficar mais caro produzir e os custos serão repassados ao consumidor.

Desde o início da paralisação dos caminhoneiros cerca de 135 mil toneladas de carne de aves e suínos deixaram de ser embarcadas para exportação. Mais de um bilhão de aves e 20 milhões de suínos estão em risco de morte como consequência dos bloqueios nas estradas. Quase 70 milhões de aves morreram por falta de ração.

(Foto: colaboração)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*