Companhia de Trânsito e Urbanização de Londrina vai devolver 19 milhões aos cofres públicos

O Ministério Público ajuizou uma ação civil pública para que a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina, no norte do Paraná, devolva R$ 19 milhões aos cofres públicos. Duas empresas de limpeza pública e oito funcionários também estariam envolvidos .A ação aponta possíveis irregularidades no contrato firmado com uma das empresas, além da suspeita de que outra companhia tenha apresentado preço elevado no processo licitatório para dar respaldo à empresa vencedora. A Companhia Municipal de Transito de Londrina informou que ainda não foi notificada oficialmente sobre a ação.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*