Consultorias pretendem reduzir em pelo menos 200 milhões reais por ano os gastos do governo do Paraná

O executivo anunciou hoje uma parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC) que vai trabalhar em sete áreas. A primeira delas será para dar apoio e treinamento ao governo para controlar melhor as despesas com o dinheiro público, chamado de Programa Modernizando a Gestão Pública. Consultorias privadas serão contratadas para capacitar equipes de servidores do estado. O governador Beto Richa afirmou que a assinatura da parceria é um exercício de humildade, porque mostra que o governo não tem sido eficiente no gasto com o dinheiro público.

Todo o programa é financiado por empresário que fazem doações de dinheiro. Até agora, já foram assinados contratos de cerca de três milhões de reais para a implantação do projeto, que tem um custo total de três milhões e 600 mil reais. O prazo de execução da primeira fase é de cinco meses. Um dos empresários que financiam o projeto é o presidente do grupo J. Malucelli, Joel Malucelli. Ele defende que a redução dos gastos vai gerar benefícios a toda a população.

O executivo do Movimento Brasil Competitivo Erik Camarano explica que é preciso descobrir em que áreas as verbas públicas não tem sido bem empregadas e corrigir os problemas.

O MBC já tem contratos assinados em 12 estados, 10 capitais e com o governo federal. Em seis anos, foram investidos 73 milhões e 700 mil reais. A economia do poder público foi de 14 bilhões e meio de reais. No Paraná, a redução de gastos será de, no mínimo, 200 milhões de reais, e pode chegar a 400 milhões em um ano.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*