Correntes em animais podem ser proibidas em Curitiba

Foto: Pedro Ribas/SMCS

O uso de correntes em cachorros pode ser considerado maus-tratos a animais em Curitiba. Um projeto de lei da vereadora Fabiane Rosa, do DC, tramita na Câmara Municipal. A proposta quer que o uso da corrente seja considerado tortura. A ideia também cita que dar apenas água e comida não é proporcionar o bem-estar animal.

A vereadora defende que as correntes são pesadas e muitas vezes causam desconforto e dor nos animais. Caso aprovado, a pessoa que manter o animal em corrente pode ser multada em R$200 a R$200 mil, perder o alvará e ter o animal apreendido

Comments

  1. e quem nao da comida para os cachorros que tem em casa ?

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*