Cresce número de transplantes no PR

Foto: divulgação / Central Estadual de Transplante

É de quase 13% o crescimento no número de transplantes de órgãos no Paraná. Foram 808 procedimentos realizados em todo o ano passado, enquanto que, em 2016, 718 transplantes haviam sido registrados. Na comparação com o ano de 2010, o aumento chega a 340%, já que, naquele ano, apenas 184 procedimentos foram feitos. A coordenadora do Sistema Estadual de Transplantes, Arlene Badoch, ressalta a importância de que a família se conscientize a respeito da doação de órgãos. No entanto, também é importante que o hospital faça a sua parte para informar os familiares.

Todas as doações são feitas por meio do Sistema Estadual de Transplantes, que é encarregado pela coordenação e gerenciamento da fila de quem espera por um órgão no Paraná. Após a detecção da morte encefálica no paciente, essas equipes são responsáveis pelo processo de acolhimento da família e também da oferta para a doação de órgãos do paciente. Entre 2010 e 2017 a média de transplantes por ano quase quintuplicou.

A partir de 2018, o Estado passa a fazer também o transplante de pulmão – único ainda não ofertado no Paraná. O procedimento vai acontecer no Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*