Eleição 2014: Crime eleitoral, 'santinhos' jogados nas ruas causam sujeira e são reprovados pelo eleitor

santinhos 1

Divulgação

Todo mundo sabe que espalhar as propagandas de candidatos conhecidas como ‘santinhos’ pelas ruas é crime eleitoral. Mesmo assim, a cada pleito, o que se vê principalmente no entorno dos colégios é a mesma cena: milhares desses papéis, jogados durante a madrugada na esperança de conseguir votos de última hora. Mas se engana quem pensa que o eleitor, em geral, aprova esse tipo de abordagem.

Vários ouvintes entraram em contado com a BandNews desde as primeiras horas deste domingo (5) para reclamar da sujeira que encontraram pelo caminho. Como a enfermeira Deise Ortis Machado, que mora em São José dos Pinhais e trabalha em Curitiba.

 

Já o advogado Miguel Ângelo Lemos flagrou o acúmulo de santinhos no Largo da Ordem, em Curitiba, bem longe dos locais de votação. Revoltado, ele fotografou a sujeira e mandou aqui para a BandNews.

 

De acordo com o chefe de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral, Marden Machado, apesar de ser proibido por lei, esse tipo de propaganda só é punido em casos flagrantes.

 

Ele também explica o que pode acontecer com quem infringe a legislação.

 

Além de ser crime eleitoral, jogar santinhos nas ruas também fere a legislação ambiental. A multa, em casos assim, pode variar de R$ 5 mil a R$ 50 mil.

santinhos 2

Divulgação

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*