Cruzamento entre shoppings no bairro Portão se tornou sinônimo de perigo no trânsito

Foto: repórter Ricardo Peereira / BandNews Curitiba

O cruzamento da Avenida República Argentina com a Presidente Kennedy, no bairro Portão, em Curitiba, se tornou sinônimo de perigo. No ponto onde trafegam ônibus biarticulados, pedestres têm sido as principais vítimas de acidentes de trânsito. Só neste ano, já são dez atropelamentos registrados no mesmo ponto. O caso mais recente aconteceu ontem (domingo), no final da tarde, quando um homem de 63 anos acabou atingido por um ônibus e foi encaminhado ao hospital. Para o especialista em trânsito, Celso Mariano, a desatenção de pedestres é a principal causa destes acidentes.

O taxista Mauro Pinto, que trabalha há anos no ponto entre os shoppings Palladium e Total, concorda com a afirmação.

Já para o também taxista Marcelo Rosa, os motoristas de ônibus nem sempre respeitam o sinal vermelho.

No fim do mês passado, duas mulheres foram atropeladas quando tentavam atravessar e não perceberam o ônibus. Uma delas foi socorrida ao hospital em estado grave. Um mês antes, uma adolescente de 16 anos também foi atingida por um coletivo. Em todo o ano passado, foram oito atropelamentos registrados no cruzamento, enquanto que, em 2017, já são dez ocorrências contabilizadas.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*