Curitiba ganha complexo de cinemas de rua em maio

(Foto: Divulgação/ Ippuc)

Falta pouco para que o complexo de cinemas de rua Cine Passeio, na rua Riachuelo, saia do plano teórico e se torne parte da rotina dos curitibanos. O espaço, de 2,6 mil metros quadrados, deve ser inaugurado em maio, seis anos depois do anúncio do projeto.

A iniciativa vai funcionar no prédio do antigo quartel do Exército, que passa por reformas, e na sequência a Fundação Cultural conclui a licitação para a compra dos equipamentos das salas de cinema e outros espaços do centro cultural. É o que explica o diretor de Ação Cultural da Fundação, Beto Lanza.

A ideia é que na primeira quinzena de maio algumas exibições sejam realizadas em caráter experimental com abertura ao público na segunda metade do mês. As duas salas de projeção vão contar com 90 poltronas cada.

Já os eventos devem ficar concentrados no terceiro andar, onde também vai ser possível realizar projeções de cinema ao ar livre, e lá a capacidade é para 60 pessoas com vista para o Passeio Público.

O prédio histórico do antigo quartel foi erguido na década de 1930. O custo total da reforma é de R$ 9,8 milhões, dos quais mais de 64%, ou 6,3 milhões, já foram empenhados. O restante dos recursos previstos vai ser usado na aquisição de equipamentos.

O projeto do Cine Passeio também prevê áreas de convivência, coworking para produtores de cinema e até espaço para exposições. Toda a verba necessária para transformar a proposta em realidade foi obtida pelo município por meio da venda de títulos de potencial construtivo.

Trata-se de papéis emitidos pela Prefeitura que permitem que os compradores ampliem as dimensões de obras com limitações impostas pela lei municipal de zoneamento e uso do solo urbano.

Os Cines Ritz e Cine Luz foram fechados nos anos de 2005 e 2009, respectivamente.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*