Curitiba lidera ranking brasileiro de endividamento

Imagem ilustrativa

Curitiba lidera o ranking brasileiro de endividamento pelo terceiro ano seguido. 87% das famílias estavam com algum tipo de dívida no final de 2016. A média nacional é de 57% das famílias endividadas. Os dados são da Radiografia do Endividamento das Famílias Brasileiras, realizada pela Fecomércio e divulgada nesse segunda-feira (2).

Florianópolis ficou em segundo lugar com 86% das famílias endividadas. A outra capital da região sul, Porto Alegre, também ficou acima da média nacional, com endividamento de 71% das famílias. O estudo avalia principais aspectos e efeitos sobre as famílias da política de crédito no Brasil entre 2014 e 2016, período em que a crise política se agravou no Brasil. Segundo o economista conselheiro do Corecon Paraná, Cláudio Shimoyama, Curitiba aparece com um índice alto de endividamento por causa do poder aquisitivo das famílias da capital paranaense.

No valor médio mensal da dívida por família, Curitiba ficou com o segundo maior valor entre as 27 capitais do país com média de dois mil e duzentos reais. A média nacional das capitais foi de mil e setecentos reais de endividamento por mês.

Com relação ao nível de comprometimento da renda, em Curitiba a média ficou em 32% da renda mensal familiar. O número é muito próximo o da média nacional que é de 30%. O patamar é considerado adequado pelo estudo.

Com relação a inadimplência, a proporção é de 29% em Curitiba, acima da média nacional que é de 23%.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*