Curitiba tem novo recorde de frio e geada atinge várias cidades paranaenses

(Foto: Divulgação / ANPr)

O Paraná amanheceu gelado mais uma vez e bateu novos recordes de frio nesta quarta-feira (19). Curitiba, que ontem havia registrado a menor temperatura do ano, de 1 grau, tem agora um novo marco: -0,6. E a cidade de Inácio Martins, na região central, não é mais a mais gelada do Estado em 2017, já que o município de São Mateus do Sul, no sul, começou o dia com -5,2 graus.

O meteorologista Samuel Brown, do Instituto Simepar, explica a razão pela qual as temperaturas diminuíram ainda mais hoje em algumas localidades do que em outras.

No início da semana o Simepar também alertava para a possibilidade de geada negra em alguns setores paranaenses, e o meteorologista afirma que já há confirmação do fenômeno em algumas localidades.

No Paraná, o episódio de geada negra mais lembrado é o que foi registrado julho de 1975. Na ocasião, lavouras inteiras foram perdidas, o que levou a uma grave crise financeira no Estado. Mais comum, a geada branca é menos nociva e, hoje, foi ela que deu o tom do amanhecer em várias cidades.

Na Grande Curitiba, as cidades mais fria foi a Lapa, onde os termômetros marcaram -4,1 graus. Em Ponta Grossa, nos campos gerais, a mínima foi de -1,6 grau. E fez frio até no oeste: Foz do Iguaçu teve -0,5 e, Cascavel, 0,5ºC.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*