Curitibanos tentam evitar transferência da gestão de parques da cidade

Curitibanos se unem para tentar evitar a transferência da gestão da Pedreira Paulo Leminski, da Ópera de Arame e do Parque Náutico. A mobilização começou pelo Facebook, por meio de um evento criado na rede social, e já conta com quase 200 pessoas. Um dos organizadores do movimento, o produtor cultural Thiago Moreira, diz que a transferência da gestão desses espaços mostra o pouco caso do poder público com a cultura.

Ainda não existe um ato programado para tentar barrar essa concessão. Na próxima segunda-feira haverá uma reunião para discutir o planejamento das ações.

A reunião está marcada para as 07 horas da noite desta segunda feira (28), no Sindicato dos Engenheiros, que fica na rua Marechal Deodoro, número 630, no vigésimo segundo andar. Na terça-feira desta semana, você acompanhou na BandNews que a prefeitura de Curitiba já abriu licitação para empresas interessadas na gestão dos três espaços pelo período de 25 anos. A justificativa é que a Pedreira Paulo Leminski, a Ópera de Arame e o Parque Náutico necessitam de investimentos. O valor que deve ser destinado aos parques chega a 15 milhões de reais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*