Cursos de formação profissional vão ser oferecidos a detentos no Paraná

(Foto: Hedeson Alves/AEN)

Cursos de formação profissional devem ser oferecidos para presos dos regimes fechados e semiaberto do Paraná. A proposta está em fase de homologação pelo Ministério da Educação. Serão sete cursos de Formação Inicial Continuada, com duração de 160 a 200 horas, por meio do Pronatec, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego. A previsão é de que as aulas iniciem no segundo semestre.

Os presos vão receber a formação em Assistente Administrativo, Operador de Computador, Operador de Tratamento de Resíduos Sólidos, Organizador de Eventos, Assistente de Logística, Assistente de Construção Civil e Assistente de Costura. São 409 vagas destinadas a detentos da Penitenciária Estadual de Piraquara II, Colônia Penal Agroindustrial do Paraná, Penitenciária Feminina do Paraná, Penitenciária Central do Estado, Casa de Custódia de Piraquara e Penitenciária Federal de Catanduvas.

Os presos do semiaberto terão aulas no Centro Estadual de Educação Profissional Theodoro de Bona, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba. Já para os detentos do regime fechado as aulas serão na própria unidade penal.

(Foto: Hedeson Alves/AEN)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*