“Destruir e-mail sondas”: Inquérito sobre bilhete encontrado com presidente da Odebrecht é suspenso

O Juiz Federal Sérgio Moro determinou que o inquérito que investiga o bilhete apreendido com o presidente da empreiteira Odebrecht, Marcelo Odebrecht, seja suspenso. O documento escrito a mão pelo executivo e que continha a mensagem “destruir e-mail sondas” foi considerado pela Polícia Federal como uma tentativa de destruição de provas. Pela manhã Marcelo Odebrecht prestou depoimento sobre o assunto e esclareceu que o bilhete era apenas uma orientação sobre como contestar, num pedido de habeas corpus, o argumento relacionado ao e-mail, que foi usado como justificativa para a prisão. Moro decidiu que questões relativas ao bilhete deverão tramitar em processo próprio.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*