Dia Mundial do Rádio é celebrado nesta terça-feira (13)

O meio de comunicação responsável por descobrir novos talentos na música, que alimentava a imaginação dos ouvintes com as radionovelas e que hoje é responsável por deixar a população a par das últimas notícias sempre em primeira mão completa em 2018, 96 anos de existência aqui no Brasil. E em todo o mundo ele é destaque. O Dia Mundial do Rádio é comemorado nesta terça-feira, dia 13 de fevereiro. A data foi escolhida pela Unesco para destacar a importância do meio de comunicação em promover a igualdade e celebrar o potencial de transformação da mídia. Os primórdios do rádio datam do final do século 19. A professora de comunicação da Universidade Federal do Paraná, Flávia Bespalhok, explica que no Brasil ele chega somente em 1922 e deixa a população encantada com o novo formato de comunicação.

Mesmo depois de se passar tanto tempo e diante das novas tecnologias, o rádio continua forte. Na avaliação da professora, o meio de comunicação tem como principal diferencial o dinamismo e a possibilidade de acompanhar as pessoas em todos os momentos.

A professora ainda afirma que o rádio está bem longe de acabar. Muito pelo contrário. Ela acredita que o meio só vem ganhando força e se transformando, se mesclando com as novas tecnologias.

Da mesma maneira pensa Chacon Júnior, que começou a carreira no rádio na década de 50. O comunicador participou da história do meio no Paraná. Naquela época, ele integrava o elenco das famosas radionovelas, que instigavam a imaginação dos ouvintes com a sonoplastia peculiar. Para Chacon, a magia do rádio continua, mas só ganhou formas diferentes.

O Dia Mundial do Rádio todos os anos debate uma temática. Em 2018, os esportes ganham destaque. Segundo a Unesco, a intenção é estimular os veículos de comunicação a noticiarem as diferentes modalidades incluindo na programação cada vez mais aquelas praticadas pelas mulheres.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*