Diárias da Polícia Civil serão controladas por cartões corporativos

Cartões corporativos serão usados por todos os servidores da Polícia Civil para controlar as diárias de viagens e outras despesas. A medida foi tomada depois das denúncias de uso irregular de recursos do fundo da Polícia Civil.  Com a adoção da medida, será possível elaborar relatórios de gerenciamento de gastos por unidade da corporação, melhorando o controle do dinheiro e, evitando despesas desnecessárias.

Uma resolução assinada nesta semana pelo secretário estadual da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César, inclui a área de segurança no sistema já usado por cerca de 25 mil servidores estaduais. Caberá ao Departamento de Polícia Civil autorizar e fiscalizar as despesas. O cartão só poderá ser usado para cobrir custos de alimentação e hospedagem, sendo bloqueado em estabelecimentos que ofereçam outros tipos de serviços. O valor disponível  será fixado de acordo com o período da viagem. E será  bloqueado automaticamente, em 48 horas depois do retorno, caso não haja prestação de contas. As informações de todas as viagens com o nome do servidor estarão disponíveis no portal do governo.

A previsão é de que 27 mil novos cartões sejam emitidos até o ano que vem.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*