DRU é tema de encontro de governadores

A Desvinculação de Receitas dos Estados foi um dos principais temas discutidos durante um encontro de sete governadores do PSDB, em Curitiba, hoje. A ideia é que os governos possam aplicar 10% do orçamento livremente. O dinheiro iria principalmente para infraestrutura, como para melhorias nas entradas. No governo federal, a prorrogação por quatro anos da Desvinculação das Receitas União, a DRU, causou muita polêmica e recebeu duras críticas do PSDB no ano passado. O Congresso aprovou a prorrogação e até 2015 o governo federal pode aplicar livremente 20% da arrecadação. A medida foi considerada pelo PSDB como a entrega de um cheque em branco para a União. Agora o partido defende a extensão do projeto para os estados. O presidente nacional do partido, o deputado federal Sérgio Guerra, afirma que a situação nos estados é diferente. O governador Beto Richa defende que se os estados tivessem mais liberdade para gastar os recursos, as verbas poderiam ser melhor aplicadas. Ainda não há um projeto estruturado para propor a Desvinculação das Receitas dos Estados. Para que isso ocorra, é preciso apresentar uma Proposta de Emenda à Constituição no Congresso Federal e conseguir a aprovação de três quintos dos deputados. Além de Beto Richa, também participaram do encontro hoje em Curitiba os governadores Antonio Anastasia, de Minas Gerais, Geraldo Alckmin, de São Paulo, José de Anchieta Jr, de Roraima, Marconi Perillo, de Goiás, Simão Jatene, do Pará, e Siqueira Campos, do Tocantins.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*