Edital de licitação para as obras da Linha Verde Norte deve ser publicado em fevereiro

Foto: Levy Ferreira/SMCS

A prefeitura autorizou a publicação do edital de licitação para as obras de construção de trincheira e da extensão da Linha Verde Norte, que vai do Hospital Vita até o trevo do Atuba. Este é o último lote de pista da Linha Verde, com 2 quilômetros e oitocentos metros de extensão. O orçamento é de R$ 79 milhões de reais. Entre os serviços previstos estão a construção de estruturas de concreto, terraplenagem, pavimentação, drenagem, paisagismo, sinalização e iluminação pública, além da instalação de duas novas estações-tubo: Solar e Atuba. Os recursos são do Programa de Acelerações do Crescimento – PAC 2, repassados pela Caixa através do Ministério das Cidades. A previsão para conclusão das obras é de 18 meses após a ordem de serviço, que deve ser dada até o fim de fevereiro. O presidente da Associação de Moradores do Bairro Alto Atuba, Toninho Guedes, avalia que os outros trechos, já finalizados, melhoraram o trânsito. E espera que na região norte o resultado seja o mesmo.

A licitação vai ser publicada no diário oficial para seleção de empresa através de Regime Diferenciado de Contratação (RDC). O projeto prevê a ampliação de quatro para 12 faixas de trânsito para carro e ônibus.  Segundo o superintendente da secretaria de obras, Almir Bonatto, está programada a construção de uma trincheira no trevo do Atuba.

O trecho entre a Avenida Victor Ferreira do Amaral e o Hospital Vita está com 85% das obras concluídas. A previsão é que essa parte seja finalizada em junho deste ano.

As obras do lote 3.2, que prevê a construção de uma trincheira na Rua Fúlvio Alice e Rua Amazonas de Souza Azevedo, ligando o Bairro Alto e o Bacacheri, também estão em execução. Cerca de 35% do projeto foi concluído e as equipes trabalham nas galerias da nova trincheira. A prefeitura também anunciou outras obras programadas para a Linha Verde, como a construção do viaduto da Anne Frank e das trincheiras das estações Santa Bernadete e São Pedro, além da conclusão da trincheira da Ceasa.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*