Empresário é preso por oferecer propina em Londrina

Um empresário do ramo da construção civil em Londrina foi preso por policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na manhã de hoje. Ele é acusado de oferecer propina ao vereador Roberto Fú (PDT) para evitar que o projeto dele que derruba a Lei da Muralha voltasse a discussão na Câmara Municipal. De acordo com o vereador, hoje existe uma restrição para a instalação de supermercados e lojas de material de construção no perímetro urbano da cidade que beneficia as redes já instaladas. E os empresários que teriam procurado o vereador queriam manter a chamada “reserva de mercado”.

Roberto Fu acha injusta a atual legislação londrinense – que privilegia alguns grandes empresários.

O empresário Anderson Fernandes, proprietário do depósito Sanderson, foi preso e encaminhado para a sede do Gaeco. Ele teve a prisão temporária decretada por corrupção ativa. Como foi encontrada uma arma na casa dele, o empresário também está detido em flagrante por porte ilegal de arma. Ele é suspeito de ter oferecido R$ 40 mil para o vereador Roberto Fu (PDT). Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela manhã em Londrina.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*