Estado diz que não faltam verbas para o transporte escolar

Não faltam verbas para o transporte escolar de alunos da rede estadual de ensino. A afirmação é do secretário de educação e vice-governador, Flávio Arns. Os repasses aos municípios para este serviço serão de 100 milhões neste ano, 80 milhões do governo estadual e 20 do governo federal. Na gestão anterior, o gasto com transporte de alunos foi de apenas 28 milhões de reais. Nesta semana, o município de Foz do Iguaçu suspendeu o serviço por falta de verbas para manter os ônibus. Outros municípios ameaçam parar o transporte escolar pelo mesmo motivo. Para o secretário Flávio Arns, as críticas ao governo são meramente eleitoreiras. O presidente da Associação dos Municípios do Paraná, o Prefeito de Piraquara, Gabriel Jorge Samaha, o Gabão, discorda. Ele explica que os municípios recebem apenas 20% do que gastam para levar os alunos para a escola. Em março deste ano, foi feita a confirmação da matrícula dos alunos e neste mês os repasses começaram a ser feitos.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*