Estudantes indígenas aprovados no vestibular da UFPR devem fazer o registro acadêmico nos dias 1 e 2 de fevereiro

Os estudantes aprovados para ingressar na Universidade Federal do Paraná pelo Vestibular dos Povos Indígenas devem fazer o registro acadêmico nesta quinta e sextas-feiras (1.º e 2 de fevereiro).

A universidade preparou uma programação especial para receber os calouros. O acolhimento tem início às 9 horas desta quinta (1.º), quando os calouros vão receber orientações para a escolha dos cursos. Às 15h45, eles devem realizar o registro acadêmico. No dia seguinte, sexta-feira, a partir das 9h, os estudantes vão conhecer as atividades do Núcleo Universitário de Educação Indígena (NUEI). Eles devem receber informações sobre programas e projetos acadêmicos, incluindo os programas de assistência estudantil.

O 17.º Vestibular dos Povos Indígenas no Paraná foi realizado pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) em outubro do ano passado. A cada ano, o concurso é sediado por uma das universidades integrantes da Comissão Universidade para os Índios (Cuia). As instituições estaduais destinam seis vagas para indígenas do Paraná e a Universidade Federal, dez vagas para indígenas de todo território brasileiro. Todas as vagas são suplementares, ou seja, não são retiradas daquelas regulares oferecidas nos cursos.

Em 2017, a Universidade Federal do Paraná tinha um grupo de 40 indígenas com matrículas ativas. A instituição já teve 21 estudantes do programa formados em diversos cursos de graduação. São pessoas de diferentes regiões do País e que pertencem a várias etnias, principalmente à Kaingang.

O programa é parte das ações afirmativas que procuram democratizar o acesso ao ensino superior público para populações em situação de desvantagem social. É o caso dos indígenas e também afrodescendentes e alunos de escolas públicas.

A relação dos documentos necessários para a realização do registro acadêmico na Universidade Federal do Paraná pode ser consultada em edital disponível no site do Núcleo de Concursos. A recepção aos calouros indígenas será na Sala da Memória, que fica no Setor de Ciências Jurídicas do Prédio Histórico da UFPR, na Praça Santos Andrade.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*