Estudantes utilizam centro de Curitiba para consumir drogas

Longe das salas de aula, muitos estudantes utilizam o centro de Curitiba para consumir drogas em período escolar. A denúncia é da Guarda Municipal de Curitiba. Os adolescentes flagrados tem entre 15 e 17 anos. De acordo com o inspetor Cláudio Augusto de Oliveira, é fácil identificar os estudantes, já que muitos deles vestem uniformes e carregam material escolar.

Segundo o inspetor, a droga mais consumida por esses jovens é a maconha.

Uma parceria entre Guarda Municipal e Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS) garante a retirada desses menores da rua. Os agentes da FAS entram em contato com a família dos usuários, e se necessário encaminha os estudantes para tratamento psicológico. A intenção, de acordo com Cláudio, é tratar a dependência ainda num estágio inicial.

Atualmente, Curitiba conta com 116 câmeras de monitoramento, quase metade delas na região central. Até a copa do mundo de 2014, a intenção da prefeitura é ter 450 equipamentos espalhados pelos diversos bairros da cidade. Mas nem a vigilância eletrônica parece inibir a ação dos bandidos: ontem, por exemplo, dois jovens foram presos em plena procissão de Corpus Christi, no centro da cidade, portando 54 pedras de crack.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*