Ex-governador do Paraná, Orlando Pessuti assume presidência do BRDE

O ex-governador do Paraná, Orlando Pessuti, assumiu nesta terça-feira (14) a presidência do Banco Regional do Extremo Sul (BRDE). Até agora, Pessuti exercia a função de vice-presidente do BRDE e diretor administrativo da agência paranaense no banco. Na presidência, ele substitui Odacir Klein, do Rio Grande do Sul. O Banco, controlado pelo Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, se tornou um dos principais financiadores do setor produtivo e dos municípios do Estado.

Orlando Pessuti fica no comando do BRDE por um período de um ano e quatro meses. Ele destacou o apoio da instituição ao setor produtivo e reforçou que de 2012 a 2016, a média anual de investimentos no Paraná tem se mantido acima de R$ 1 bilhão.

Durante a posse, também foi assinado um memorando de entendimento (MoU) entre o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o BRDE. A proposta é fortalecer a colaboração entre as partes em áreas de interesses comuns para promoção e alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na Região Sul.

O ex-presidente do Banco, Odacir Klein, que repassou o cargo à Pessuti, falou que a maior dificuldade de se manter à frente da instituição foi superar a crise financeira que atingiu o país no último ano. Ele fala que para a nova gestão o desafio é buscar parcerias e ampliar as fontes de financiamento.

Fundado em 1961, o BRDE tem 536 funcionários, três agências e 10 espaços de divulgação nas capitais da Região Sul, um escritório de representação em Campo Grande (MS) e outro no Rio de Janeiro (RJ). Hoje são R$ 13,9 bilhões em financiamentos, sendo R$ 5,7 bilhões investidos no Paraná. O patrimônio líquido do banco é de R$ 2,4 bilhões.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*