Ex-presidente da Sercomtel se desfilia do PDT

O ex-presidente da Sercomtel Roberto Coutinho Mendes não aguentou a pressão e se desfiliou do PDT – partido que presidiu em Londrina até 1º de maio deste ano e que agora era vice-presidente. Em correspondência entregue à Zona Eleitoral de Londrina, ele afirmou que ”não tem mais interesse em manter-se filiado ao PDT” e pediu ”o imediato desligamento do quadro de filiados”. Cópia do requerimento foi encaminhado ao juiz da Terceira Vara Criminal de Londrina. Coutinho Mendes foi apontado como participante da compra de votos de vereadores de Londrina para evitar a instalação da Comissão Processante contra o prefeito. Durante as investigações, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão ligado ao MP, descobriu que Coutinho entregou R$ 5 mil – sacados de sua conta particular – para ser entregue como suborno ao vereador Amauri Cardoso (PSDB), autor da denúncia ao Gaeco.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*