Ex-presidente Lula diz que é um inocente condenado e perseguido, em entrevista para rádio local de Foz do Iguaçu

(Imagem: Divulgação /Facebook)

Em entrevista na manhã de hoje (13) para a rádio Cultura AM de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, o ex-presidente Lula afirmou que se considera um inocente condenado e perseguido. Ele criticou a atuação do Ministério Público Federal e do juiz Sérgio Moro nas denúncias apresentadas contra ele na Lava Jato.

Lula inicia na semana que vem a quarta etapa de uma caravana que pretende percorrer todo o País. Na próxima segunda-feira (19) ele começa a visitar os estados da região Sul, passando por 19 cidades. O encerramento será em Curitiba, no dia 28 de março.

Questionado sobre a condenação em primeira e segunda instância no caso do tríplex do Guarujá, o ex-presidente ressaltou que o processo foi composto por uma série de “mentiras deslavadas” e desafiou a Justiça a comprovar a culpa dele no processo.

O ex-presidente disse que tem a consciência tranquila e que não teme a prisão depois do julgamento do recurso em segunda instância. Lula afirmou ainda que não está acima da lei e que o processo contra ele foi uma manobra política para impedir a candidatura à presidência da República.

O ex-presidente encerrou a entrevista comentando sobre a postura do MDB na composição política atual. Lula ressaltou que não guarda nenhuma mágoa do partido que integrava a base aliada de seu governo.

A caravana do ex-presidente deve passar por quatro cidades no interior do Paraná, além da capital. Em Foz do Iguaçu, Lula vai participar, no próximo dia 26, do Seminário Internacional da Tríplice Fronteira. O ex-presidente foi condenado em primeira e segunda instância no caso do Triplex do Guarujá.

O juiz Sergio Moro sentenciou Lula a 9 anos e meio de prisão. No entanto, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região aumentou a pena para 12 anos e 1 mês de reclusão.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*