Ex-procuradores-gerais da República afirmam que Lula não interferiu nos trabalhos da PGR

(Foto: Divulgação/Agência Brasil)

Os ex-procuradores-gerais da República Antônio Fernando Barros e Cláudio Lemos Fonteles, disseram em depoimento ao juiz Sérgio Moro que o ex-presidente Lula não interferiu de nenhuma forma no trabalho da Procuradoria-Geral da República (PGR). Os dois falaram hoje de manhã como testemunhas de defesa em ação penal em que o petista responde pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Durante a audiência, Claudio Lemos Fonteles disse que na gestão de Lula foram criados instrumentos de aprimoramento para combater a corrupção.

Já Antônio Fernando Barros falou da autonomia que tinha como procurador da República durante a gestão do ex-presidente Lula.

A audiência de cada um durou cerca de seis minutos. O ex-diretor da Polícia Federal, Luiz Fernando Correa, também foi indicado como testemunha de defesa na ação penal. Durante a audiência dele houve bate-boca entre a defesa de Lula e o juiz Sérgio Moro. O magistrado reclamou que o advogado Cristiano Zanin Martins estava sendo repetitivo nas perguntas e pediu que ele fizesse apenas questionamentos complementares. Em certo momento, Moro chegou a perguntar se a defesa tinha perguntas novas porque não queria perder tempo com as mesmas indagações.

Por meio de nota, Cristiano Zanin Martins afirmou que, na audiência houve “cerceamento ao direito de defesa e o desrespeito à atuação dos advogados”. Esta etapa do processo segue até o dia 12 de julho e até lá, mais de 100 pessoas ainda serão ouvidas como testemunhas de defesa. No total, oito réus respondem a ação penal. Neste processo, é investigada a compra de um terreno, pela Odebrecht, que seria destinado à construção de uma nova sede para o Instituto Lula, além da compra de um apartamento vizinho ao local onde o ex-presidente mora, em São Bernardo do Campo (SP).

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*