Excesso de velocidade lidera número de multas no paraná

O excesso de velocidade é a infração de trânsito mais cometida pelos motoristas nos quatro primeiros meses deste ano no Paraná. De acordo com o Departamento de Trânsito do Estado (Detran-PR), de janeiro a abril os radares flagraram duzentos e oitenta e quatro mil veículos transitando em velocidades até 20% superiores ao limite permitido na via. Em 2017, foram 233 mil multas, um aumento de 17% de um ano para outro.

A coordenadora de infrações do Detran-PR, Márcia Batagini, afirma que os números preocupam, já que mostram que os motoristas não estão preocupados em seguir as normas de trânsito.

Multas por não identificação do condutor infrator; por avançar o sinal vermelho e por estacionar em local proibido estão entre as infrações mais comuns. De acordo com a coordenadora de infrações do Detran, a multa por não fazer o registro do veículo em 30 dias quando a propriedade é transferida é a quarta no ranking.

No entanto, ela diz que apesar de a multa representar uma atitude negativa, o dado demonstra que houve um aquecimento no comércio de veículos.

Outro dado que pode, de certa forma, ser considerado positivo é a queda no número de motoristas que levaram multas por não usarem cinto de segurança. Em 2017, de janeiro a abril, 36 mil condutores foram multados por não usarem o equipamento. Já este ano, no mesmo período, o dado caiu para 32 mil.

Mesmo que a infração ocupe a sétima posição na lista, Márcia Batagini, diz que essa diminuição de um ano para outro demonstra que o condutor está mais consciente.

Até o momento, em um ranking com 15 tipos de infrações, o Detran já registrou um milhão e seis mil ocorrências. No ano passado, de janeiro a abril, foram novecentas e vinte e três mil irregularidades cometidas pelos motoristas.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*