Exército busca fuzil roubado em Francisco Beltrão

300 oficiais do Exército Brasileiro buscam um fuzil roubado na cidade de Francisco Beltrão. Dois bandidos armados renderam um soldado e levaram o fuzil no final de março. O Major Rivero, chefe da seção de comunicação social da 15ª Brigada de Infantaria Motorizada conta que a arma é uma das mais potentes utilizadas no exército.

O dia todo oficiais fazem operações na busca pela arma. Setenta homens trabalham revistando casas e carros na cidade. Dezenas de viaturas, caminhões e até um tanque de guerra está sendo usado. O major destaca que a ação é possível porque no ato do roubo rapidamente a cidade foi cercada.

O Exército só sai das ruas quando o fuzil for recuperado.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*