Família de Raquel Genofre irá processar o estado

A família da menina Raquel Genofre – assassinada há mais de 3 anos – irá entrar com uma ação na justiça contra o estado. Ela foi encontrada morta dentro de uma mala na rodoferroviária de Curitiba. A ação é motivada pelos diversos erros e falhas inclusas no inquérito, que até hoje não foi concluído. A alegação é da advogada da família, Cássia Bernadelli.

Ela diz que a família não pede nenhum tipo de indenização em dinheiro e sim em benefícios para a população. Entre as exigências estão a criação de um banco de esperma, para auxiliar no reconhecimento de estupradores, e também uma lei que contribua na prevenção desses crimes.

O caso Raquel aconteceu em novembro de 2008 e até hoje nenhum suspeito foi encontrado ou detido.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*