Fan Fest da Arena tem fila e torcida tensa, mas alegria domina no fim do jogo da Seleção

(Foto: Narley Resende/BandNews Curitiba)

Depois de enfrentar uma fila quilométrica logo no início da manhã, cerca de 15 mil pessoas sofreram por mais 90 minutos hoje (22) durante o segundo jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, com transmissão em telões instalados no gramado da Arena da Baixada, em Curitiba. Outras milhares de pessoas não conseguiram entrar antes da partida: desistiram ou assistiram ao jogo em TVs improvisadas do lado de fora. A estudante Joice Ferreira disse que apesar do jogo tenso, no final, a torcida se aliviou com os gols de Phelipe Coutinho e Neymar.

A estudante Adriane Gonçalves, namorada de Joice, concorda. No fim, predominou a felicidade na torcida.

A maior parte do público do segundo jogo era de jovens entre 15 e 20 anos. O estudante Tarrer Barke contou que ficou 40 minutos na fila e conseguiu entrar três minutos antes do início da partida

Como boa parte do público, apesar do alívio, estudante Lorenzo Bianc criticou a atuação da seleção

O público também assistiu das arquibancadas no estádio que foi reconstruído para a Copa de 2014 e agora recebeu esse evento quatro anos depois. O empate de 1 a 1 entre Brasil e Suíça, na primeira rodada, já tinha diminuído a expectativa, mas no finalzinho do jogo contra a Costa Rica a torcida lavou a alma. O evento começou às oito horas da manhã. Depois do jogo, a fan fest foi animada pela banda de reggae Natiruts.

No próximo jogo da Seleção, contra a Sérvia, no dia 27, que fecha a primeira fase da Copa, a atração será a cantora IZA.

Os shows começam logo após o término dos jogos e a entrada na Arena é gratuita. Outros jogos importantes, e a sequência das partidas da Seleção Brasileira em caso de classificação para as fases seguintes, também serão exibidos no telão da Arena. O evento patrocinado pela cervejaria Brahma e acontece simultaneamente em outras arenas montadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador e Florianópolis.

É proibida a entrada com camisas de torcidas organizadas e clubes de futebol. A organização convida os participantes a usarem camisas da seleção ou com as cores do Brasil.

(Foto: Narley Resende/BandNews Curitiba)

 

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*