Farmácia Municipal de Paiçandu é interditada

Uma ação conjunta da 14ª Promotora de Justiça de Maringá, Vigilância Sanitária e Conselho Regional de Farmácia interditou a Farmácia Municipal de Paiçandu (no Norte do Paraná) após serem encontrados remédios com data de validade vencida e de procedência ignorada. Além da interdição da Farmácia municipal, foram fiscalizados o Posto de saúde Central e também o Hospital Municipal São José. Durante a vistoria, foi constatada a presença de medicamentos vencidos, mas que estavam sendo dispensados e outros remédios de procedência ignorada, provavelmente vindos de doações de distribuidoras de medicamentos, ausência de insumos da atenção básica, produtos médico-hospitalares também vencidos, falta de funcionários, muita sujeira e até ninhos de baratas. O secretário de Saúde de Paiçandu, Célio Pegorare, disse que um novo local está sendo preparado para funcionar como Farmácia Municipal – agora interditada.

Emergencialmente, o atendimento passará a ser feito a partir de segunda-feira em um departamento da Prefeitura de Paiçandu. No mês de junho de 2011, a promotoria ajuizou ação civil pública contra o Estado do Paraná para forçar uma intervenção na gestão do sistema em saúde de Paiçandu.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*